domingo, 22 de abril de 2012

Tai Chi Chuan Yang. Big Data. Ciência. Astronomia.

Tai Chi Chuan Yang Big Data.Ciência.Astronomia
WTempo



Relógio das Culturas


O que é o tempo? A resposta varia, dependendo da sociedade


por Pelos editores


Gavin Hellier Corbis; Bart omeu Amengual age Fotostock; Johnny Stockshooter Aurora Photos; Oscar Okapi Aurora Photos


Atrase uma hora no Brasil e ninguém nem irá se importar muito. Mas, na Suíça, deixe alguém esperando mais que cinco ou dez minutos e terá muito a explicar. Em algumas culturas o tempo é elástico, em outras, monolítico. De fato, o modo como membros de uma cultura percebem e usam o tempo reflete as prioridades da sociedade e até sua visão do mundo.

Cientistas sociais registraram grande diferença no ritmo de vida em vários países e em como as sociedades percebem o tempo: se como uma flecha penetrando o futuro ou como uma roda em movimento, onde passado, presente e futuro giram sem parar. Algumas culturas combinam tempo e espaço: o conceito dos aborígenes australianos do “tempo de sonhos” abrange não só o mito da criação, mas também o método de selocalizar no campo. Mas algumas visões de tempo interessantes, como o conceito de ser aceitável uma pessoa poderosa manter alguém de status inferior esperando, parecem desconhecer diferenças culturais. Elas são universais.

O estudo de tempo e sociedade pode ser dividido em pragmático e cosmológico. Do ponto de vista prático, nos anos 50, o antropólogo Edward T. Hall escreveu que as regras de tempo social compõem uma “linguagem silenciosa” para determinada cultura. As regras nem sempre são explícitas, analisou ele, mas “subentendidas... Ou são cômodas e familiares, ou erradas e estranhas”.
Em 1955, ele descreveu na Scientific American como percepções diferentes de tempo podem levar a mal-entendidos entre pessoas de culturas diversas. “Um embaixador que espera um visitante estrangeiro mais que meia hora deve entender que se este último ‘mal murmura uma desculpa’ isto não é necessariamente um insulto”, exemplifica. “O sistema de tempo no país estrangeiro pode ser composto de unidades básicas diferentes, então o visitante não está tão atrasado quanto parece. 

Deve-se conhecer o sistema de tempo do país, para saber a partir de que ponto as desculpas são realmente necessárias... Culturas diferentes atribuem valores diversos para as unidades de tempo.”
A maioria das culturas do mundo agora usa relógios e calendários, unindo a maior parte do globo no mesmo ritmo geral de tempo.

 Mas isso não significa que todos acertem o mesmo passo. Algumas pessoas se estressam com o ritmo da vida moderna e o combatem com o movimento “slow food” enquanto em outras sociedades as pessoas sentem pouca pressão no gerenciamento do tempo.
“Uma das curiosidades do estudo de tempo está no fato de ele ser uma janela para a cultura”, avalia Robert V. Levine, psicólogo social na California State University em Fresno. “É possível obter respostas sobre valores e crenças culturais: uma boa ideia do que importa para as pessoas.”
Levine e seus colegas fizeram estudos do “ritmo de vida” em 31 países.

Em A geography of time, publicado pela primeira vez em 1997, Levine descreve a classificação dos países usando três medidas: velocidade para andar nas calçadas urbanas, rapidez de um funcionário do correio em vender um simples selo e a precisão dos relógios públicos. Baseado nessas curiosas variáveis ele concluiu que os cinco países mais rápidos são Suíça, Irlanda, Alemanha, Japão e Itália e os cinco mais lentos, Síria, El Salvador, Brasil, Indonésia e México. Os Estados Unidos ocupam a 16º lugar, próximo ao mediano.
UOL,universo on line : http://mv.lacerda.blog.uol.com.br/  Projeto Sete P(7), Blog.Márcio Lacerda.


terça-feira, 13 de novembro de 2007

Fronteira

Tempo





Tempo= Luz.Ar.Água.Consciência.
Dimensões integradas.Passado.Presente.Futuro.








TAI CHI CHUAN YANG TRADICIONAL, da família yang cheng fu do Estilo Yang, a sua estrutura são os exercícios da Forma de Mãos-livres de 103 movimentos, Forma de 49 movimentos, Forma de 13 movimentos. A Forma com o Sabre. A Forma com a Espada. O exercício realizado em dupla, empurrar as mãos (Tui-Shou).

A Forma de Mãos-livres é relacionada com o autoconhecimento enquanto o Tui shou é o conhecimento do outro. O exercício de mensurar e perceber a intenção do outro após o autoconhecimento que é desenvolvido com os exercícios praticados regularmente, principalmente a Forma de 103 movimentos onde se encontram a raiz das demais Formas.


É o gráfico biomecânico ilustrado e dinâmico do encadeamento das posturas.
A fisiologia energética da medicina tradicional chinesa, aplicados aos movimentos das Formas dos exercícios de mãos livres, com a espada, o sabre e em duplas. A filosofia taoísta influenciou a medicina e as artes chinesas, com as teorias do yin e yang, a teoria dos cinco elementos, a teoria do chi, o sopro vital.


O Tai Chi Chuan recebe o mesmo embasamento como toda a cultura da china.
A defesa pessoal é influenciada com a idéia de transformação do livro I Ching, um dos cinco livros clássicos da literatura chinesa, um estudo gráfico dos arranjos combinatórios do yin e o yang.

Formando através de uma convenção de linha interrompida para yin e linha cheia para yang, composições em seis linhas, arranjo das linhas em grupo de seis sobrepostas que formam os hexagramas, ícones que representam o yin e o yang em determinada situação. A defesa do Tai Chi Chuan é semelhante ao l Ching no que diz respeito às transformações naturais que são exercitadas no Tui Shou, o exercício em dupla de empurrar as mãos. Os praticantes buscam o melhor caminho para aplicação de ação ataque, de defesa e do contra- ataque, desviando o ataque em ação de contra atacar. Como as forças yin e yang que simulam um combate figurado cósmico, em suas ações o melhor caminho para equilibrar. Os praticantes treinam em dupla desenvolver habilidades que podem ser usadas para aplicação de defesa pessoal. Usando a força do oponente.

A soma das habilidades humanas de qualquer especialização que são desenvolvidas e levadas ao estado de arte, denominam-se Kung fu. O Tai Chi Chuan é considerado da Escola Interna de kung fu. Relaxamento, Espontaneidade,Continuidade e Fluidez no Encadeamento dos Movimentos Enraizando a Respiração, lenta,abdominal,sem interrupção.

O Tai Chi Chuan pode ser aplicado dentro da ação que realizamos em qualquer outra atividade como uma extensão da experiência adquirida na prática da harmonia dos movimentos das formas tradicionais. A tradição do Tai Chi Chuan associada com noções atuais da física quântica, o tai chi yang trânsito; Constituí uma poderosa ferramenta de transformação na consciência dos cidadãos enquanto presente no espaço público, em todos os ambientes de uso coletivo. Transmitir a essência para a Sociedade humana é uma das características da ferramenta técnica de meditar em movimento, que é desenvolvida para que não-praticantes das Formas Tradicionais possam usar de maneira fácil e consciente durante as suas Atividades Diárias.


A Fluidez é a essência do universo. A menor redução de uma partícula qualquer se apóia na Fluidez. A Existência do Universo,do seu conteúdo e da Vida. A civilização humana se desenvolveu e nós hoje estamos aqui por causa essencialmente da Fluidez, que na cosmologia chinesa é representada pelas forças yin e yang. O movimento de troca de mútua influência entre elas denominado Tai Chi aplicado ao corpo humano recebe o nome de Tai Chi Chuan. A Fluidez do Macro- Universo Cósmico expresso no Micro- Universo Humano nos encadeamentos contínuos da Forma onde se expressam as duas Forças opostas complementares yin e yang. Os cidadãos. O espaço público.

A Técnica de Meditar em movimento no meio das transformações (I Ching) dos movimentos de troca entre as duas Forças, o Tai Chi Yang Transito, a Fluidez urbana. É uma arte de presença na ação “aqui e agora”, fundamento da meditação da Índia, China, Tibet, Japão e de todas as instituições iniciáticas do Ocidente e do Oriente. Aplicação e inovação da sabedoria milenar no mundo de hoje, nesse instante, resulta na maneira de meditar coletivamente nos espaços públicos dentro da própria atividade que se esteja realizando é divulgando o Tai Chi Yang Transito na mídia local e global.

É fácil a sua prática como rotina diária sem perder a espontaneidade, porque é natural do ser humano a busca. A cada nascer de um novo dia. A espontaneidade enquanto agimos nasce do desprendimento de outros pensamentos que nos induza sair da atenção de nossa ação. Conscientizados coletivamente de que temos um acordo com a nossa própria intenção de estarmos “Aqui e Agora”,no Tempo Presente. Depende do quanto nos predispomos na busca de aperfeiçoamentos de nossa atuação junto à coletividade co-responsáveis com o Estado de Direito para com a preservação da fluidez e harmonia do espaço público.

O resultado são habilidades que centradas na harmonia do ambiente em que todos são informados de estarmos globalizando de maneira positiva a globalização e seus efeitos negativos, nos abre um canal diretamente relacionado entre o consciente e o subconsciente do individuo, grupo e sociedade. A capacidade de intuição para o que é harmonioso se torna uma essência cultivada no cotidiano. A evolução colaborativa, participativa aprofunda o ser humano,a consciência se abre para o universal, inserido numa mobilização que se repete a cada novo dia.
A tendência é a intuição acessar a natureza da ação do Exato Instante do “Aqui e Agora”; Que o individuo esteja inserido de maneira consciente. Tendo como pulsar a motivação de praticar todos os dias, desde o momento do despertar, durante toda a vigília, até o momento de seu repouso.


O material onírico que a mente subconsciente opera é alterado pela transferência da experiência da consciência motivada renovada. O pulsar é a fonte de um campo de energia quântica emocional advinda da intenção aplicada do indivíduo em sua tarefa de acordo com a proposta do tai chi yang no transito, isto é, a maneira de aplicar a essência da sabedoria milenar adaptada para o uso coletivo através de uma transmissão capaz de simultaneidade. A imediata aplicação por intermédio da mídia comunicando um termo universal gera simultaneidade.


Porque é fácil para o indivíduo tomar consciência da sua liberdade e felicidade interna, quando está aplicando a sua energia mental consciente na ação, mas em um diferente nível de consciência, junto a população do planeta terra, uma unidade consciente, um referencial.

A performance aperfeiçoada para benefícios de si e da coletividade na preservação da fluidez urbana, gera maior intensidade com melhor qualidade do campo de energia quântica emocional do indivíduo compartilhada com a diversidade. A tendência é apreciar a fluidez por causa do bem estar que a qualidade da percepção do mundo estimulada pelo ambiente de harmonia do espaço público, onde se processa a projeção de todas as intenções conscientes, e dos mecanismos desencadeados pelos subconscientes das buscas humanas, o espaço público. Se nosso referencial, o tai chi yang trânsito, a arte de meditar em ação no instante presente no aqui e agora, a fluidez urbana.

Qualquer programa e campanha social inserida num ambiente em que todos direcionam a intenção de prioridade para a preservação da fluidez. Gera felicidade para todos os presentes no evento. O material onírico de nossas experiências diárias em tal ambiente de campo de energia quântica emocional é de melhor qualidade para a nossa mente fazer uso elaborando nossos sonhos durante o sono. Derivamos e integramos com Leibniz a ordem de sucessão das experiências, das coisas, de tudo percebido ou não como o material que permite que o que denominamos Tempo possa existir.

A existência do espaço público se apóia no Tempo consciente.O ambiente harmonioso com tempo consciente registrando o bem estar que os melhores momentos durante,por exemplo, quando no nosso deslocamento do lar para o nosso lugar de trabalho ocorre com fluidez.
A sucessão de coisas percebidas ganha uma ordenação com sinais de harmonia. A seletividade melhora na proporção que essa ordem se repete estimulando a atenção mental para as percepções que seleciona os sinais. O tempo resulta da ordenação da sucessão de todo material com sinais, “as coisas”, filtradas, selecionadas pelo sinal de bem estar advindas de nossa consciência ativada pela atenção aplicada com responsabilidade de aperfeiçoar dia- após- dia.


O tai chi chuan yang tradicional e o tai chi yang no transito, representam uma unidade de ação intemporal. Os conceitos são demonstrados no corpo, na mente e resulta um espírito integrado na realidade virtual e real, local e global, universal; com a capacidade humana de adaptação exercitada em todas as possibilidades de experiência humana na busca de aperfeiçoar os sentidos. A intuição para o melhor de qualquer que seja a nossa ação, física ou mental, que estejamos realizando, então aumenta a chance de possibilidade de saltos evolutivos em níveis superiores da consciência. O campo de melhores soluções. Porque a consciência é uma unidade planetária globalizando a globalização sem invadir o Estado de Direito, respeitando Direitos e Deveres. A Liberdade de Expressão. Os Direitos Humanos.

Sem confrontos internos o planeta Terra é uma unidade de defesa, uma congruência que permite mais investimentos nas explorações espaciais com esforços concentrados,além de uma mais eficiente ação ecológica. A preservação da fluidez da natureza se exercita com o taichiyangtransito.wordpress.com, como membros da seleção nacional de fluidez urbana http://fluxoS.wordpress.com/sobre

O site
http://TaiChiChuanBrasil.com.br, é o Centro Brasileiro de Tai Chi Chuan, que realizou o Movimento da Paz, na Praça NSra. Da Paz. Que mudou seu logo para Representante do Yang Cheng Fu Center Brasil no Estado do Rio de Janeiro, associação dos mestres descendentes do fundador é a tradição da família yang, o Mestre Yang Zhen Duo (4ª geração) e o Mestre Yang Jun (6ª geração).

O endereço
http://taichiyangtransito.wordpress.com como um trabalho de arte conceitual performática científica quântica social, a democracia contextualizada com a física quântica,no conceito do Tao, o caminho da filosofia taoísta chinesa, e integrada no termo universal a Saúde, compreendida de maneira intuitiva desde os nossos ancestrais, todos apoiado no termo de menor redução do universo, toda a matéria e anti-matéria dependem da fluidez.

Representa a Fase 1 do Projeto Sete P(7)
http://mv.lacerda.blog.uol.com.br; www.taichiyangtransito.wordpress.com ; O tai chi yang no trânsito de veículos, considerando o corpo humano como veículo do Espírito em Vida. Na medida em que acontecia o seu espalhamento foi necessário demonstrar a mesma informação repetida. Em cada repetição, ela adquire um nível diferente de energia quântica de inferência; Por meio da qual identificamos um termo universal de qualquer civilização; Se, nos mantivermos numa rotina de sempre novas transformações dentro das repetições, como podemos verificar na prática,no nosso dia-a-dia, qualquer um de nós. O material nos é comum na mesma intenção no mesmo instante, na mesma busca.

Uma inferência que é mensurada pelo indivíduo, o grupo, e toda a sociedade. O dia se transforma num atrativo de exercícios sucessivos de atenção. A harmonia nos possibilita na experiência da vida experimentar uma unidade de consciência. O resultado de uma unidade planetária é um melhor sistema de segurança pública. Uma habilidade maior de adaptação da diversidade cultural interna e externa, da unidade. Isto é, supondo para o nosso entendimento, outras civilizações desconhecidas daquelas que conhecemos Hoje, no Presente, no “Aqui e Agora”. No equilíbrio do Vazio e do Cheio. Tempo Integrado, passado,Presente,e futuro é o Tempo vazio, a intersecção. A experiência mental que é comparável com ausência de consciência. No tai chi chuan yang tradicional os dez princípios são um estado de atenção que produz um nível de consciência que evolui para o estado de vazio. Para a experiência do tempo integrado.

Todas as experiências com sinais seletivos de harmonia registrados na memória possibilitam a criação de holograma mental de harmonia. Utilizando uma das propriedades da mente. Ela usa para tudo que nós imaginarmos. Uma construção holográfica na velocidade da luz no subconsciente.

Uma das características do subconsciente é operar entrelaçamento de experiências e selecionar, por exemplo, um movimento que será executado desde os neurônios específicos no cérebro até sua expressão conclusiva, é previamente construído um holograma na mente antes das ações fisiológicas necessárias para a execução do movimento. Primeiro a mente opera a construção holográfica requisitando dados da memória. Na memória do praticante do tai chi chuan yang tradicional existem os sinais seletivos de harmonia decorrentes da atenção na ação prática de sua execução.

Existe uma teoria que soma cinco tetraedros formando uma figura em quatro dimensões que foi proposta por Lee Smolin (Canadá), um dos físicos pioneiros da gravidade quântica em laço. É uma teoria que substituí a Teoria das Cordas, que propõem cordas como a menor constituinte da matéria substituída por arranjos combinatórios de tetraedros quadrimensionais.

O "4-simplex "é uma combinação de 5 tetraedros as somas de todas as probabilidades dos simplexes que fornecem o espaço-tempo curvo, isto é, as curvaturas do tempo em medidas nano, abaixo da medida de Planck. Os arranjos combinatórios das "simplexes", as estruturas dos tetraedros em quatro dimensões são os constructor; os fractais arranjados , as simulações das possíveis configurações. Os fenômenos no mundo tridimensional podem ser armazenados em seu contorno bidimensional como uma imagem holográfica> Um fragmento minúsculo de uma placa plana bidimensional contém informação suficiente para reconstruir a imagem tridimensional completa do fragmento.

A mente humana constrói um holograma antes de qualquer ação. Portanto, quando a intenção direcionada para atenção em si, em harmonia consigo e o outro. Semelhante aos fenômenos físicos O holograma registra em seu contorno, fragmentos de emoções. Se forem derivadas dos sinais percebidos do ambiente em que exista qualidade nas ações. A fluidez beneficia a percepção. O registro no contorno holográfico será de boa qualidade. De, uma próxima construção holográfica pré-ação, o potencial será alimentado pela avaliação dos registros de contornos emocionais que se verifica em toda construção holográfica.

A soma de dados para a construção deve ser acrescido da energia emocional para os sentidos elaborarem o Tempo. Toda operação da dinâmica pré-ação ocorre na velocidade da luz em frações de segundos antes de qualquer ação. Os sentidos somam e formam um conjunto que será percebido como tempo. Do início ao final de cada ação. Quando expressamos nos guiamos pelo holograma pré-ação.


As sinapses nervosas acontecem na construção holográfica pré-ação onde são mapeadas todas as interconexões neurônicas. Depois de mapeados são recrutadas as populações de neurônios interconectados, específicos e não-específicos à ação. O mapa holográfico contém a possibilidade de simultaneidade de sinal em toda a rede interconectada. Os não- específicos são utilizados para ajustes durante a ação, adaptações emocionais para mudanças realizadas pelos ajustes que sejam necessárias.

Os neurônios recebem os sinais ao mesmo tempo como constituintes de um holograma pré-ação. Pensamento lógico,imagem de respostas reflexas, qualquer que seja o holograma construído tem o sistema orgânico inteiro como plano de fundo, uma assembléia de todas as colônias de células especializadas que são as estruturas físicas da mente e do corpo. O subconsciente e o consciente possuem velocidades diferentes. O subconsciente opera na velocidade da luz permitindo a unidade corpo/mente realizar todas as operações necessárias para cada ação.

A escolha básica de “lutar ou fugir”,isto é, zero (0) ou um (1), Recolhimento (yin) e Expansão (yang). Cada ação que envolva escolha aciona em intensidade diferente o mecanismo subconsciente relacionado com o instinto de sobrevivência, e a homeostase principio de equilíbrio celular, a preservação da vida, o equilíbrio do sistema orgânico incluindo emoções.
O tempo histórico emocional é uma ação importante no holográfico pré-ação. Porque promove uma economia nos momentos decisórios de escolha. Ao invés de requisitar todas as situações específicas. Reativar e montar as experiências dos eventos acumulados na memória e contendo as experiências registradas nos sinais de contorno emocional do holograma. A mente utiliza os sinais de contorno emocional possibilitando a economia de todo o sistema. A avaliação é mais rápida porque é integrado em uma unidade corpo/mente.


A consciência é função diretamente relacionada com o equilíbrio e o não- equilíbrio da unidade. O yin/yang macroscópico orgânico é a interação corpo/mente com energia emocional circulante registrando os sinais de contorno emocional em cada ação.Os nano-neuro-orbitais conscientes são sinais das populações de neurônios ativados funcionando como um canal aberto entre o yin e yang da subconsciência e os pares da consciência. A seletividade acontece na formação do holograma pré-ação e na continuidade até a realidade na ação consciente. Se praticando o tai chi chuan propriamente dito a construção faz uso dos dez princípios da prática. Outra situação o histórico dos sinais emocionais são avaliados comparados e opções são preparadas para escolha decisória.

A entalpia de processos do caos subconsciente existe no conjunto formado entre os pares de unidades. A consciência acessa transporta e formaliza a expressão transformando em sinais capazes de influir na realidade do ambiente de expressão.



Os antigos mestres de tai chi chuan eram mais próximos da fonte que originou o tai chi chuan. O modelo de vida motiva a cultura espiritual. Nasce associação da ciência com a tendência humana para a religião. Como na China a base de toda a cultura é o conceito de yin e yang. O movimento dinâmico do yin e do yang é denominado de tai chi. O Tao contém o yin e o yang e está contido . O campo de energia, a fonte original. O caminho de equilibrio e harmonia da unidade. Foram conceitos elaborados em meio ao modelo de vida em que a busca cultural era em relação ao período ancestral da china em que os sábios conviviam com imortais, um aúreo tempo,a época mítica, que existia uma melhor vida, em harmonia com o Tao comparada com o período que os mestres de tai chi chuan codificavam na Forma de movimentos a arte da suprema harmonia. Referindo ao Tao como uma derivada aplicada nos movimentos da Forma.





Márcio Lacerda
www.TaiChiChuanBrasil.com.br


Holograma Táxi
http://HologramaTaxi.Blogspot.com/

W Tempo
http://wtempo.blogspot.com/

Caos
http://caosoac.blogspot.com/

Sinergia
http://sinergiapublica.blogspot.com/


Projeto Sete (P7) - Mapa Índice
http://sites.google.com/site/projetosetep7indice/